Back

Palestra organizada pelo Cremesp foi realizada na manhã desta segunda-feira (13)

Promover a consciência das boas condutas médicas enquanto estudante. Essa foi a proposta para os alunos do curso de Medicina da Unimes, que receberam orientações, na manhã desta segunda-feira (13), sobre o Código de Ética do Estudante de Medicina.

Organizado pelo Cremesp, a palestra foi ministrada no Auditório da FEFIS, no Campus Rosinha Viegas.

De acordo com o conselheiro da entidade máxima dos médicos de São Paulo, Dr° Luiz Flávio Florenzano, o código é milenar e, hoje em dia, prevê até condutas específicas sobre exposição de mídia e redes sociais.

“Muitas vezes o estudante não percebe que uma foto tirada, seja para divulgar no Facebook, num WhatsApp, pode ter efeitos muito negativos à vida de um paciente, o que também pode acarretar problemas em sua vida profissional”, diz Florenzano, que ministrou a palestra para centenas de alunos da graduação da Unimes. “O sigilo ainda é a ferramenta mais valiosa do médico, aquilo que lhe dá credibilidade, que impulsiona sua relação com o paciente”, completa.

Durante o evento, o conselheiro também aproveitou para elogiar a conduta da Unimes frente aos trotes violentos, proibidos pela direção. “É importante observarmos que a instituição incentiva o acolhimento com atividades pautadas no bem estar social, como campanhas de doação de sangue, arrecadação de alimentos. Com esse engajamento, as práticas violentas cessam”, afirmou.

Na mesa diretiva da cerimônia, estiveram presentes a pró-reitora acadêmica da Unimes, doutora Elaine Marcílio, o diretor e o coordenador do curso de Medicina da instituição, Drº Ricardo Diniz e Drº Claudio França.

“Muitas vezes o mercado está bem servido de profissionais dotados de muita técnica, mas é importante relevar que a técnica pode ser precedida de um avanço tecnológico e da experiência adquirida durante o tempo. Mas a ética do profissional tem um valor inestimável, que não pode ser tomado”, completa o diretor do curso, Drº Ricardo Diniz.

SOBRE O CÓDIGO DE ÉTICA

O Código de Ética do Estudante de Medicina possui 20 páginas na versão física e é dividido em princípios fundamentais, direitos do estudante, deveres e proibições, relação com o paciente, sigilo em Medicina e até ensino e pesquisa médica.

O aluno pode ter acesso ao material clicando AQUI

× Como posso te ajudar?